Alunos de Rio das Ostras são classificados para etapa Estadual da Olimpíada Brasileira de Robótica

Etapa regional aconteceu no Polo Universitário de Macaé/ Foto: Divulgação equipe
Etapa regional aconteceu no Polo Universitário de Macaé/ Foto: Divulgação equipe

Uma das equipes da Alfatech (Projeto de Robótica da UFF) foi classificada para a etapa Estadual da Olimpíada Brasileira de Robótica (OBR). A equipe de veteranos garantiu o segundo lugar no nível 2 na etapa regional, sediada na cidade de Macaé no último sábado (8).

De acordo com a equipe de robótica, este ano foram 28 participantes, divididos entre sete equipes, sendo cinco do nível fundamental, formadas por integrantes que encararam a primeira experiência com a robótica e outras duas de nível médio e técnico.

“Foi uma experiência incrível de aprendizagem e trabalho em equipe, mesmo com dificuldades conseguimos viver esse grande momento”, disse um dos integrantes da equipe Alfatech.

Na etapa, a equipe construiu um robô para cumprir determinadas missões em uma arena. De acordo com os alunos, o robô foi pensando e construído, com a utilização de sensores para fazer a identificação do trajeto, desviar de obstáculos e quebra-molas, além de resgatar as vítimas, e levando-as para a área de resgate, de maneira autônoma sem interação com a ação humana.

O projeto de Robótica na UFF começou em 2015 com apenas oito participantes. Desde o começo a equipe participa de torneios e eventos, com o objetivo de propagar o conhecimento de Robótica para estudantes do município.

SOBRE A OLIMPÍADA

A Olimpíada Brasileira de Robótica (OBR) é uma das olimpíadas científicas brasileiras apoiadas pelo CNPq que utiliza-se da temática da robótica – tradicionalmente de grande aceitação junto aos jovens – para estimulá-los às carreiras científico-tecnológicas, identificar jovens talentosos e promover debates e atualizações no processo de ensino-aprendizagem brasileiro. A OBR possui duas modalidades que procuram adequar-se tanto ao público que nunca viu robótica quanto ao público de escolas que já têm contato com a robótica educacional.

Anualmente a OBR elabora e gere a aplicação de provas teóricas e práticas em todo o Brasil utilizando essa temática. A OBR destina-se a todos os alunos de qualquer escola pública ou privada do ensino fundamental, médio ou técnico em todo o território nacional, e é uma iniciativa pública, gratuita e sem fins lucrativos.

Fonte: Cidade 24h

Deixe seu comentário

comentários

Você também pode gostar...