Atenção nas férias: pipas próximas da rede elétrica são um perigo

É nos meses de férias que a vontade de soltar pipa aumenta. Foto: Divulgação
É nos meses de férias que a vontade de soltar pipa aumenta. Foto: Divulgação

É nos meses de férias que a vontade de soltar pipa aumenta. Por isso, fazem-se necessários alguns cuidados para que as crianças possam brincar em segurança. O principal deles é afastar-se das redes elétricas.

Este é um tema muito importante, especialmente, ao olhar para os números. Em 2014, foram contabilizadas sete mortes no Brasil decorrentes da utilização de pipas nas proximidades das redes elétricas, contra 12 acidentes graves em 2013.

Outro perigo que requer muita atenção dos pais é o uso do cerol, pois o mesmo pode lesionar um motociclista devido o atrito do fio, que geralmente é encerrado, contra a jugular, podendo gerar hemorragia intensa e até degolar uma pessoa.

Cuidados a serem tomados

– Nunca coloque cerol na linha. A mistura pode causar acidentes durante sua aplicação e ferimentos em outras pessoas enquanto está sendo empinada.

– Pipas devem ser empinadas longe de rede elétrica e de preferência em espaços abertos, como praças, parques e campos de futebol. Isso evita interferências na qualidade do fornecimento de energia elétrica, serviços telefônicos e em antenas.

– A utilização de rabiolas deve ser evitada, pois elas se agarram nos fios elétricos e provocam choques e desligamentos do sistema.

– Utilizar papel alumínio na confecção de pipa é perigoso, pois o material, em contato com os fios da rede elétrica, provoca curtos-circuitos.

– Caso a pipa enrosque nos fios, é melhor desistir do brinquedo. Subir em telhados ou postes para recuperá-las representa risco de choque, assim como tentar removê-las com canos ou pedaços de madeira.

– Não é indicado soltar pipas durante as chuvas. Elas funcionam como para-raios, conduzindo energia.

– Não é indicado subir nas lajes das casas para empinar pipa. Qualquer distração pode causar uma queda.

– Linhas metálicas não devem ser usadas no lugar de linha comum, pois podem provocar choques elétricos.

– É necessário ter cuidado com ciclistas e motociclistas. Acidentes acontecem porque as linhas não podem ser vistas por eles.

Por: Portal Local Rio das Ostras

Deixe seu comentário

comentários

Você também pode gostar...