Grupos do Programa Hiperdia visitam Parque Municipal de Rio das Ostras

O médico fitoterapeuta Sérgio Nikitiuk orientou o grupo sobre plantas medicinais - Foto: Divulgação
O médico fitoterapeuta Sérgio Nikitiuk orientou o grupo sobre plantas medicinais - Foto: Divulgação

Atividades com grupo de diabéticos foram realizadas nesta terça-feira, dia 29

Pacientes do Hiperdia – Programa dos Diabetes e Hipertensão de Rio das Ostras e do Grupo de Apoio ao Emagrecimento participaram de mais uma atividade nesta terça-feira, dia 29. Juntamente com a equipe dos programas, eles visitaram o Parque Municipal, em uma manhã de muito aprendizado.

Durante a visita, os usuários fizeram caminhada e receberam informações sobre plantas medicinais e alimentação saudável, orientados voluntariamente pelo médico homeopata e fitoterapeuta Sérgio Nikitiuk. A atividade ainda contou com a participação do assessor de paisagismo e jardinagem do Parque, Leandro Lima, que colaborou com orientação sobre horta caseira e um trabalho de mantra, no qual as pessoas trocam energia através do abraço.

Para Naira Molina da Silva, de 66 anos, que participa do Grupo dos Diabéticos há quatro meses, o momento foi uma gratificante troca de experiências, com a integração dos dois programas.

“Aprendemos muita coisa interessante e trocamos receitas que não contém açúcar. Fazia tudo errado e, depois que entrei no programa, minha saúde melhorou muito. Conversamos e fizemos novas amizades. Foi uma manhã maravilhosa”, contou Naira.

A nutricionista do Grupo de Apoio ao Emagrecimento – GAE, Daniele Alves de Souza, ressaltou que as atividades realizadas fora do consultório são fundamentais para descontrair, adquirir conhecimento e proporcionar a interação entre os pacientes.

“Além das atividades físicas e da boa alimentação, esse contato com a natureza também é importante para todos, pois é preciso cuidar da alma da mesma forma que cuidamos do corpo”, destacou.

PROGRAMAS – No Hiperdia, o Programa dos Diabetes e Hipertensão funciona todas as segundas e quartas-feiras, das 9h às 12h, no Centro de Saúde de Extensão do Bosque, e conta com uma equipe multiprofissional de médicos, fisioterapeuta, nutricionista e enfermagem.

Entre as ações realizadas estão a avaliação física e orientações de técnicas de aplicação da insulina e exercícios específicos para os diabéticos. Para pacientes amputados que têm a indicação de próteses, o programa tem convênio com a Pestalozzi, Associação Fluminense de Reabilitação – AFR e Associação Brasileira Beneficente de Reabilitação – ABBR, entre outras ações de cuidado e reabilitação.

Já o trabalho do Grupo de Apoio ao Emagrecimento é feito no Posto de Saúde de Nova Cidade, às terças-feiras, das 9h às 12h, com participação de técnica de enfermagem, nutricionista, psicóloga e fisioterapeuta. O GAE tem como objetivo a diminuição do peso, superação, melhoria da qualidade de vida e incentivo a prática de atividades físicas.

Nos encontros são realizadas caminhadas, atividades físicas, como alongamentos e exercícios aeróbicos e atividades lúdicas para encorajamento e liberação das emoções.

Fonte: Ascom

Deixe seu comentário

comentários

Você também pode gostar...