Mais de 180 pessoas fazem teste rápido de HIV

mais-de-180-pessoas-fazem-teste-rapido-de-hiv

O diagnóstico e tratamento do portador do vírus HIV salva vidas e é fundamental para interromper a cadeia de transmissão da doença, que infelizmente avança no Brasil. Como forma de identificar novos casos e orientar a população, Rio das Ostras ofereceu testes rápidos de HIV nesta sexta-feira, dia 7 de abril. Foram realizados 182 testes.

A ação, que marcou o Dia Estadual do Diagnóstico Precoce do HIV, foi realizada em parceria entre a Prefeitura, Pastoral da Aids, UFF e o Conselho Gestor do Serviço de Assistência Especializada – SAE. Os testes foram realizados na Paróquia de Nossa Senhor da Conceição, no Centro.

Joaquim Barreto, de 40 anos, foi uma das pessoas que realizaram o exame. Ele fez o teste de HIV pela primeira vez. “É preciso ficar sabendo para evitar o risco de vida e não passar a doença para outras pessoas”, disse.

O teste rápido foi feito a partir de uma gota de sangue e o resultado estava pronto em até 20 minutos. Quando o resultado dá positivo é realizado um novo exame.

PROGRAMA – O Programa IST /HIV/Aids/Hepatites Virais, da Secretaria de Saúde, conta com uma equipe multidisciplinar, formada por médicos, equipe de enfermagem, nutricionistas, assistente social, psicólogos e farmacêuticos, entre outros profissionais. O serviço funciona na Unidade Nilson Marins, em Cidade Beira Mar.

METAS DO PAÍS – O Brasil tem até 2020 para atingir a meta 90-90-90 estabelecida pelo País, perante a ONU, e que foi assumida também recentemente pelo bloco dos BRICS (formado por Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul) e por outros países. A meta consiste em ter 90% das pessoas com HIV diagnosticadas; deste grupo, 90% seguindo o tratamento; e, entre as pessoas tratadas, 90% com carga viral indetectável.

Fonte: Prefeitura 

Deixe seu comentário

comentários

Você também pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *